É o tratamento realizado para a cura de processos inflamatórios e infecciosos da gengiva, tecido que reveste o osso e que dá a sustentação aos dentes.

 

Costuma ser indicado para aqueles que não fazem a higienização correta da boca.

 

É importante conhecer também que o fumo, a tensão, a baixa imunidade e hábitos alimentares equivocados também contribuem para a fragilização da gengiva. É assim que ela acaba sucumbindo às bactérias, sendo necessário o tratamento periodontal.

 

A periodontite é uma doença periodontal infecciosa e bacteriana que atinge 50% dos adultos.

 

Em geral, o adulto que apresenta algum problema na gengiva pode ter passado pela gengivite, a inflamação gengival.

 

A diferença entre gengivite e periodontite é que esta última se estende para os tecidos de suporte dos dentes: o osso e o ligamento periodontal.

 

Outra possibilidade é que o paciente que evoluiu para a periodontite tenha tártaro, aquelas placas que se originam do armazenamento da placa bacteriana.

 

De qualquer forma, é importante esclarecer que é muito importante fazer o tratamento. Periodontite é uma doença que, quando não tratada, pode ser grave a ponto de levar o paciente a perder os dentes. Isso ocorre em função da fragilidade óssea que ocorre na mandíbula (maxila).